Formação de professores de educação física das escolas do ensino básico do interior do Ceará

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47519/eiaerh.v8.2022.ID410

Palavras-chave:

Formação de professores, Educação Física Escolar, Saúde na Escola

Resumo

Busca-se refletir sobre o perfil de professores de educação física, diante da sua trajetória histórica a partir do contexto educacional brasileiro. Inicialmente, as metodologias tradicionais de ensino eram centradas no professor. Com base nos estudos de García (1995), Tardiff (2002), Gatti (2016), o professor precisa compreender esse processo histórico para ter parâmetros como base de ensino e estar aberto a novos caminhos, devido a sua formação ser contínua e dinâmica. A pesquisa é de campo e exploratória, com o locus no Município de Sobral, especificamente nas escolas de ensino básico. Os resultados mostraram que parte dos professores não tiveram contato com conteúdos relacionados à promoção da saúde e que não tinham alguma pós-graduação sobre o tema. Portanto, é necessário pensar no processo de formação continuada como um instrumento essencial na qualificação docente aliado com a escola para possibilitar novas metodologias de ensino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Stela Lopes Soares, Centro Universitário INTA

Doutorado em Educação (PPGE/UECE).

Viviany Caetano Freire Aguiar, Centro Universitário INTA

Mestrado em Ensino na Saúde.

George Almeida Lima, Universidade Federal do Vale do São Francisco

Mestrando em Educação Física.

Maria Iranilda Meneses Almeida, Universidade Estadual do Ceará

Mestrado em Educação.

Caio Cesar da Silva Araújo, Centro Universitário Internacional Uninter

Especialista em Educação Física Escolar.

Heraldo Simões Ferreira, Universidade Estadual do Ceará

Doutorado em Saúde Coletiva (UECE).

Referências

AMARAL, B. L. M. A formação para pesquisa do professor de Educação Física: Implicações na concepção e prática de pesquisa na escola. Dissertação. (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, 2021.

ANJOS, S. C.; ANDRADE, M. P.; TIMÓTEO, V. D. P. O Perfil dos Professores de Educação Física das Escolas Públicas de Seis Cidades da Microrregião do Campo das Vertentes. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DO ESPORTE, 17.; CONGRESSO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS DO ESPORTE, 4., 2011, Porto Alegre. Anais [...]. Porto Alegre, 2011.

AZEVEDO, L. C. S. S.; RAMALHO, M. N. M. Formação Continuada de professores: os desafios da construção de propostas político-pedagógicas. Linhas Crí­ticas, v. 17, n. 32, p. 33-44, 2011.

BARROS, M. B. A. et al. Report on sadness/depression, nervousness/anxiety and sleep problems in the Brazilian adult population during the COVID-19 pandemic. Epidemiol Serv Saúde, v. 29, n. 4, 2020. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/32844918/. Acesso em: 25 mar. 2021.

BRASIL. Conselho Nacional de Saúde. Resolução n. 466, de 12 de dezembro de 2012. Aprova normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos. Brasília, DF: CNS, 2013. Disponível em: https://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2012/Reso466.pdf. Acesso em: 25 out. 2021.

CHIMENTÃO, L. K. O significado da formação continuada docente. In: CONGRESSO NORTE PARANAENSE DE EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR, 4., 2009, Londrina. Anais [...]. Londrina, PR: UEL, 2009. Disponível em: http://www.uel.br/eventos/conpef/conpef4/trabalhos/comunicacaooralartigo/artigocomoral2.pdf. Acesso em: 25 out. 2021.

DULZ, S.; SANTOS, E. A Epistemologia dos Saberes Docentes na Educação Profissional e sua Relação com a Formação Continuada. In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO, 13., 2017, Curitiba. Anais [...]. Curitiba: PUCPR, 2017. Disponível em: https://campusvirtual.fiocruz.br/portal/?q=node/28960. Acesso em: 18 nov. 2021.

FERNANDES, M. P. R. Formação e ensino da saúde na educação física escolar: A percepção dos docentes na educação básica. 2016. Dissertação (Mestrado Profissional em Ciências da Saúde) – Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, 2016.

FREIRE, P. Educação “bancária” e educação libertadora. Introdução à psicologia escolar, v. 3, p. 61-78, 1997.

GADOTTI, M. Educação e mudança. 30. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2007.

GARCIA, C. M. Formação de professores: Para uma mudança educativa. Porto, Portugal: Porto Editora, 1999.

GATTI, B. Formação de professores: condições e problemas atuais. Revista internacional de formação de professores, v. 1, n. 2, p. 161-171, 2016.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

HEIDMANN, I. T. S. B. et al. Promoção à saúde: trajetória histórica de suas concepções. Texto & Contexto - Enfermagem, v. 15, n. 2, p. 352-358, 2006. Disponível em: https://www.scielo.br/j/tce/a/W4mZfM69hZRxdMjtSqcQpSN/abstract/?lang=pt. Acesso em: 5 ago. 2021.

HELMAN, C. “Dor e Cultura”. In: Cultura, saúde e doença. 5. ed. Porto Alegre: Artmed. 2009.

HUBERMAN, M. O ciclo de vida profissional dos professores. In: NÓVOA, A. (org.). Vidas de professores. 2. ed. Porto: Porto, 2000. p. 31-61.

IMBERNON, F. Formação docente e profissional: formar-se a mudança e a incerteza. Tradução Silvana Cobucci Leite. 9. ed. São Paulo Cortez, 2011.

JUCÁ, L. G; LIMA, G. A; MELO, J. R. S. Metodologias inovadoras nas aulas de educação física escolar: uma revisão sistemática da literatura. Revista Cocar, v. 16, n. 34, 2022.

KENSKI, V. M. A urgência de propostas inovadoras para a formação de professores em todos os níveis de ensino. Rev. Diálogo Educ., Curitiba, v. 15, n. 45, p. 423-441, maio/ago. 2015.

LARROSA, J. Tremores: escritos sobre experiência. Tradução Cristina Antunes; João Wanderley Geraldi. Belo Horizonte: Autêntica, 2015.

LOCH, M. R.; RECH, C. R.; COSTA, F. F. A urgência da Saúde Coletiva na formação em Educação Física: lições com o COVID-19. Ciênc. Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 25, n. 9, p. 3511-3516, set. 2020. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232020000903511&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 15 maio 2021.

MANTOVANI, T. V. L.; MALDONADO, D. T.; FREIRE, E. dos S. A relação entre saúde e educação física escolar: uma revisão integrativa. Revista Movimento, v. 27, n. 1, p. 1-23, 2021. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/Movimento/article/view/106792. Acesso em: 18 set. 2021.

MARTINS, R. L. D. L. ; MELLO, A. de S. Perfil profissional dos professores de educação física que atuam na Educação Infantil pública das Capitais Brasileiras. Revista Humanidades e Inovação v. 6, n. 15, p. 161-172, 2019. Disponível em https://revista.unitins.br/index.php/humanidadeseinovacao/article/view/1544. Acesso em: 21 set. 2022.

MELO, I. O. et al. Concepções de saúde na formação inicial em educação física: uma perspectiva discente. Revista SUSTINERE, v. 8, n. 2, p. 492-504, 2020. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/sustinere/article/view/53840. Acesso em: 10 jun. 2021.

NÓVOA, A. (org.). Os professores e sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1997.

NUNES, E. B. L. de L. P. et al. A interação como indicador de qualidade na avaliação da educação a distância: um estudo de caso com docentes, tutores e discentes. Revista da Avaliação da Educação Superior, Campinas, v. 23, n. 3, p. 869-887, 2018. Disponível em: https://www.scielo.br/j/aval/a/4LVRSwQZwC9xqMczZ7gJh9j/abstract/?lang=pt. Acesso em: 19 mar. 2022.

OLIVEIRA, V. J. M. de; GOMES, I. M. A saúde nos currículos de educação física em uma universidade pública. Revista Trabalho Educação e Saúde, v. 18, n. 3, p. 1-17, 2020. Disponível em: https://www.scielo.br/j/tes/a/pGmxdRGD6Zz9dfQNvjMKCgp/?lang=pt. Acesso em: 19 dez. 2018.

PALMA, A. Tensões e possibilidades nas interações entre educação física, saúde e sociedade. Revista Atividade Física e saúde, v. 2, n, 3, p. 15-27, 2020. Disponível em: https://cp2.g12.br/ojs/index.php/temasemedfisicaescolar/article/view/3025. Acesso em: 19 jun. 2020.

PEROSA, G. S.; DANTAS, A. S. R. A escolha da escola privada em famílias dos grupos populares. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 43, n. 4, p. 987-1004, out/dez. 2017.

ROMANOWSKI, J. P. ; MARTINS, P. L. O. As disciplinas pedagógicas nos cursos de licenciatura: Tensões e prioridades. Relatório de Pesquisa. Curitiba, 2009.

ROSSI, F.; HUNGER, D. A formação continuada de professores: entre o real e o “ideal. Pensar a Prática, Goiânia, v. 15, n. 4, p. 821-1113, out./dez. 2012. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/15564. Acesso em: 27 out. 2021.

SABA, F. K. F. Mexa-se: Atividade física, saúde e bem-estar. 3. ed. Editora Phorte, 2011.

SANTOS, E. M. dos. Formação continuada de professores de educação física para inclusão de pessoas com deficiência (as): Desafios e possibilidades. 2019. (Dissertação em Educação) – Universidade do Planalto Catarinense, Lages, SC, 2019. Disponível em: https://data.uniplaclages.edu.br/mestrado_educacao/dissertacoes/d7ab92c69cf5626bd4ddeae8f9782c9d.pdf. Acesso em: 19 mar. 2022.

SANTOS, M. A. B.; FERNANDES, M. P. R.; FERREIRA, H. S. A disciplina de Educação Física no Ensino Médio: reflexões sobre a prática docente. Revista on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, v. 22, n. 3, p. 1113-1123, set./dez. 2018. e-ISSN:1519-9029. DOI: 10.22633/rpge.v22i3.11293. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/rpge/article/view/11293/7856. Acesso em: 19 mar. 2022.

SOARES, S. L. et al. Formação continuada em educação física e práticas promoção de saúde: Estudos relacionados. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 17, n. 3, p. 1958-1976, jul./set. 2022. e-ISSN: 1982-5587. DOI: 10.21723/riaee.v17i3.16399. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/16399. Acesso em: 23 jul. 2022.

SOARES, S. L. et al. Reflexões sobre a formação em educação física para atuação em saúde. Revista Eletrônica de Educação, v. 14, 2020. Disponível em: https://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/2782. Acesso em: 23 jul. 2022.

SOARES, S. L. Formação para o ensino de saúde na escola: O curso de Educação Física da Universidade Estadual Vale do Acaraú. 2017. 122 f. Dissertação (Mestrado profissional em Ensino na Saúde) – Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, 2017. Disponível em: https://siduece.uece.br/siduece/trabalhoAcademicoPublico.jsf?id=87144. Acesso em: 23 jul. 2022.

SOUZA, A. C. S de. Uso da Plataforma Google Classroom como ferramenta de apoio ao processo de ensino e aprendizagem: Relato de aplicação no ensino médio. 2016. Monografia (Trabalho de Conclusão do Curso de Ciência da Computação) – Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2016.

TAHARA, A. K.; DARIDO, S. C. Tecnologias da informação e comunicação (TIC) e a Educação Física nas escolas. Corpoconsciência, Cuiabá, v. 20, n. 3, p. 68-76, set./dez. 2016.

TARDIFF, M. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis, RJ: Vozes. 2002.

Publicado

2022-11-18

Como Citar

SOARES, S. L.; AGUIAR, V. C. F.; LIMA, G. A.; ALMEIDA, M. I. M.; ARAÚJO, C. C. da S.; FERREIRA, H. S. Formação de professores de educação física das escolas do ensino básico do interior do Ceará. Revista Hipótese, Bauru, v. 8, n. 00, p. e022012, 2022. DOI: 10.47519/eiaerh.v8.2022.ID410. Disponível em: https://revistahipotese.editoraiberoamericana.com/revista/article/view/410. Acesso em: 15 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Métricas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)